Loja


WORKING MACHINE SHOP

Garimpos exclusivos, achados do mundo da moda, lifestyle, beleza e acessórios, tudo com pegada vintage!

LEGAL, CARA. MAS, O QUE É VINTAGE?

Vintage |vintâdje| (palavra inglesa), significa algo clássico, antigo e que ainda possui excelente qualidade, segundo o dicionário. É remetido aos anos 1920, 1930, 1940, 1950 e 1960. São roupas, objetos, acessórios, etc., originais de uma determinada época, especificamente do século XX. Refere-se à uma peça de vestuário com mais de 20 anos, duas décadas, pelo menos. O termo também é usado para os automóveis antigos, charmosos e muito requisitados para as cerimônias de casamento.

Alguns estilistas atribuem ao retorno das modas setentistasoitentistas e noventistas um certo teor “vintage”, mas, por serem relativamente recentes, o termo não é devidamente atribuído a estas décadas. As camisetas e shorts de rock dos anos 80 e 90, por exemplo, podem se enquadrar no conceito de moda vintage, por fazerem parte de um estilo considerado ultrapassado.

Atualmente, peças vintage se referem ao estilo retrô ou clássico. As criações retrô procuram recriar ou imitar produtos antigos que continuam a ter valor e qualidade. Entretanto, ainda existem produtos verdadeiramente antigos (como vestidos de coleções de anos anteriores, sapatilhas de segunda mão, etc.) Segundo jornalistas de moda e stylists, roupas com tecidos propositadamente desgastados também são chamados vintage, justamente por terem uma aparência de usados, antigo e de pertencerem a outra época.

Origem: Wikipédia

SUSTENTABILIDADE EM FOCO

Quando você garimpa uma peça, você dá um novo dono pra ela, certo? Dessa forma, fazemos a moda girar e dar uma utilidade para uma roupa que já existia no universo, contudo, não estava mais sendo usada. Dessa maneira, ela não será descartada indevidamente, e mais que isso, você estará sendo ecologicamente correto, pois estará reutilizando uma peça de roupa que carregou consigo uma história! Agora você vai compor com o seu estilo e não vai mais estar contribuindo com o mercado de multi nacionais, por exemplo, as quais, muitas vezes, não sabemos o processo de fabricação de uma peça.

Aqui na Working Machine Shop, todas as nossas roupas são garimpadas em brechós. Quando há customização na peça, o processo é manual, sempre cuidando a procedência de tintas, botões, taxas, etc. Só fechamos parcerias com marcas que são ecologicamente corretas e claro, que tenham a pegada Working Machine 🙂

Juntos trabalhamos melhor – compro de quem faz o/


Mostrando todos os 7 resultados