Look overall white e retrospectiva 2015

9

Chega final do ano e começamos a fazer aquela listinha de coisas para melhorarmos como pessoas em busca de um ano melhor, não é verdade? Para ser honesta, essa época do ano eu me vejo quase sempre fazendo as mesmas promessas que fiz no final do ano passado, sem sucesso. Prometi parar de fumar, prometi parar de beber, prometi parar de gastar com coisas supérfluas, prometi fazer mais exercícios. Sendo meu carma ou não, essas ainda são sim, as coisas que me incomodam e sei que preciso mudar pra ter uma vida mais saudável, com mais segurança e menos vazia.

_MG_9346

O ano de 2015 foi um tanto intenso pra mim. Com a crise, fiquei inúmeras vezes sem dinheiro e minha família passou por diversas dificuldades que não convém falar por aqui. (Gente, até assaltada eu fui :O) Por outro lado, 2015 foi um ano tão louco, mas tão louco, que vai ficar na memória em função também de acontecimentos bons, êêê, como por exemplo:

– Me formei finalmente na faculdade de Design na ESPM-Sul o/ ;

– Fiquei entre as 50 bloggers no concurso We Love Fashion Bloggers 3, realizado pela Petite Jolie e apoio da Zattini com mais de 1.000 blogs inscritos ;

– Participei de uma #PetiteJolieTrip com mais 9 bloggers para conhecer a fábrica e a nova coleção da marca com direito a hotel luxo e roupão com meu nome gravado *_* ;

– Sem aulas à noite, pude ir em muitos eventinhos que o blog foi convidado, como a visita ao atelier do Rui Spohr, uma lenda da alta costura radicada aqui no Rio Grande do Sul <3 ;

– Participei da primeira websérie no YouTube da ESPM-Sul, como atriz e como designer gráfico – fiz a identidade do canal e de todas as peças de divulgação e ainda de quebra atuei, hahah ;

– Fui mencionada pela Marimoon na fanpage e no blog dela, o que deu um puta incentivo pra não desistir desse espaço aqui!

_MG_9288

E falando em não desistir, essa época do ano sempre me faz enxergar por esse viés: a vida é uma só e basta ligar a TV no noticiário para crêr o quanto sou abençoada. Pelo simples fato de estar viva, com saúde, e, por estar vivendo daquilo que amo fazer. Quantas pessoas fazem aquilo que detestam pra pagar suas contas?

_MG_9342

_MG_9332A minha família teve um papel fundamental em 2015. Diante das dificuldades, nos reerguemos e recomeçamos mais uma vez. E é nesse ciclo que minha cabeça se pegou pensando. Ou a gente muda, internamente, ou viveremos as mesmas coisas todinhas em mais um ano que pode ser bom ou não, só depende da gente._MG_9323

 Agora vamos aquele momento reflexões da Mess com frases do bem. Hahah, tri

Chegar ao outro lado significa sair do lugar comum, enfrentar medos, iluminar sombras, romper paradigmas e apagar declarações feitas a nosso respeito.

Encontrei essa frase no Instagram hoje e acho que caiu como uma luva. Minha grande dificuldade é apagar as coisas ruins que dizem ao meu respeito. Ou então cenas e acontecimentos que não saíram como o planejado. Não sou perfeita e nunca fui. Mas eu tento sim, dar meu máximo e meu melhor a cada dia, e não quero, jamais, que as pessoas tomem como base uma Alessandra inexperiente que fui no passado. ALOU, AS PESSOAS MUDAM. E graças a Deus mudam!

_MG_9370_MG_9297E agora, vamos aos PROJETINHOS 2016:

– Ativar o e-commerce do Working Machine, que, tem a ideia inicial de ser um apanhado das peças que recebo juntamente dos meus garimpos, mas que, pretende se estender para acessórios, uma das minhas grandes paixões;

– Voltar a ilustrar e criar novas estampas, assim como fiz pra Budha Khe Rhi Brasil, lá em 2012;

– Vir com tudo no YouTube e canal do Working Machine, pois acredito que essa é uma das redes que o blog pouco explora e vai me deixar muito mais perto de vocês xD.

_MG_9379

MEU MUITO OBRIGADA VAI PARA: a queridona Morg Mazzon, que clicou esse editorial e é minha parcerona de fotos aqui no Working Machine; à Cubo, que deixa meu cabelo sempre incrível e presta um serviço inigualável aqui em Porto Alegre; à Naguchi, marca querida aqui do Portal que me mandou esse overall muso; e a todos vocês que sempre me acompanham! Seja aqui, no Instagram, no Snap, ou no Facebook!

Espero do fundo do meu coração que tenhamos um 2016 melhor, em todos os sentidos. Principalmente no amoroso, que aqui tá complicads, cof cof cof.

Super beijo,

e até ano que vem.

Mess. 

Comentários

comentários

Meu nome é Alessandra Mess, sou formada em Design com Habilitação Visual e Ênfase em Marketing pela ESPM e idealizadora da página www.workingmachine.nu. Sou apaixonada por moda, beleza, comportamento, gastronomia, internet, café, fotografia, gatos, hip hop e cerveja artesanal. O Working Machine é um cantinho na internet com tudo aquilo que movimenta e inspira meu trabalho!

Comentários9 Comentários

  1. Essas fotos ficaram tão lindas! Adorei a ideia do e-commerce, faz sim <3

    E é isso mesmo, a gente tem que focar nas coisas boas. Meu fim de ano está sendo barra pesada mas lembro o tanto de coisa boa que aconteceu do início pra cá, que não há como não ficar grata, sempre tem algo que vale né? Um 2016 perfeito pra você, Mess! :*

  2. A gente tem uma mania muito louca de lembrar da parte ruim e esquecer a quantidade de coisas boas que nos aconteceram. E realmente, 2015 é um ano para você celebrar sim, você conquistou coisas lindas e tenho certeza que foram ainda maiores do que tem nesse post 😉

    um beijo e um 2016 iluminado! beeeijos

  3. Também tenho muita dificuldade em esquecer as coisas que dizem, infelizmente uma parte de mim se importa muito com o que os outros pensam.
    Amei essas fotos! E que jeitinho de gringa que tu tem! haha! <3
    Que 2016 te traga muitas coisas boas! <3
    Beijão!

Deixe uma resposta