Receita: Abobrinha recheada

4

receita1-abobrinharecheada

Quem me conhece, sabe que eu sou mega natureba. 1º porque minha gastrite nervosa não me deixa comer calabreza e bacon, por exemplo! Sério, eu passo muito mal. 2º, eu sou viciada em sabores como toda boa taurina. Adoro pimenta, rúcula, cebola, alho, enfim. Foi então que descobri a feirinha que rola aqui na Cidade Baixa em Porto Alegre, bairro onde eu moro. Ela acontece todas as terças-feiras e aos sábados. Os produtos são fresquinhos e custam a metade do preço do que é vendido no mercado! Em tempos de inflação no Brasil é mais que uma boa pedida né? O money que sobra ou vai para o cofrinho “tatuagens” ou para o “viagens”, hehe, não é mesmo?
Preparei uma versão com carne moída, mas é claro que você pode rechear com o que quiser! Essa é simples, fácil, e quando você tira a abobrinha do forno, a magia acontece! Haha. Adoro a textura da abobrinha junto da carne moída: os sabores se misturam e o queijo dá o toque final. Antes de mais nada, olha só os benefícios que a danada da abobrinha trás pra gente:
Benefícios da abobrinha

– A fibra alimentar na abobrinha ajuda a reduzir o colesterol;

– As vitaminas A e C, bem como ácido fólico, encontrados na abobrinha atuam como poderosos antioxidantes que combatem o stress oxidativo que pode levar a muitos tipos diferentes de câncer;

– As vitaminas C e A, não só servem ao corpo como antioxidantes potentes, mas também agentes anti-inflamatórios eficazes. Juntamente com o cobre encontrada na abobrinha, estas vitaminas impedem o desenvolvimento de muitas doenças hiper-inflamatórias;

– Uma pequena quantidade de abobrinha já contém mais de 10% da RDA de magnésio, um mineral comprovado em reduzir o risco de ataque cardíaco e derrame;

– Uma xícara de abobrinha contém 19% da RDA de manganês, que ajuda o corpo a metabolizar proteínas e hidratos de carbono, participa da produção de hormônios sexuais, e catalisa a síntese de ácidos graxos e colesterol;

– O manganês encontrado na abobrinha é essencial para a produção de prolina e de aminoácidos que permitem o colágeno se formar, permitindo assim, pele saudável e adequada cicatrização de feridas.

Legal né? Bom, vamos ao que interessa:
Preparo da carne moída
receita1-abobrinharecheada-2
Pique a cebola e o alho. Vá para a panela com um pouquito de azeite, frite primeiramente o alho até dourar levemente e acrescente a cebola e dê aquela leve douradinha também. Em seguida, acrescente a carne moída que jájá começará a fritar. Tempere com molho shoyo, (até você ver que colocou por cima de toda a carne da panela) fica fácil e ajuda a dar aquela escurecidinha na carne.
receita1-abobrinharecheada-3
Quando a carne já estiver mais douradinha, acrescente o caldo de carne! Essa foi uma dica do Edu, eu nem usava isso quando cozinhava. Estou super me puxando ein gente! E, descobrindo a magia desse temperinho extra que já vem pronto! Haha.
Vamos às abobrinhas
Corte a abobrinha ao meio e retire o miolo dela, sempre cuidando para que fique uma bordinha legal, pois depois vai para o forno e vai ter bastante recheio dentro!
receita1-abobrinharecheada-4
Depois de criar todas as suas canoinhas, acrescente à carne moída tudo que você retirou das abobrinhas. Isso mesmo! Elas farão parte do recheio. Além disso, eu e o Edu achamos que a carne moída precisava de algo colorido, então acrescentamos o pimentão picadinho à receita/molho e eu que sou uma viciada em pimentão, achei que deu todo o toque final! Ahá.
receita1-abobrinharecheada-5
Hora de rechear as abobrinhas! Lembre-se que em cima do recheio ainda irá uma camada generosa de queijo. Nhamy!
receita1-abobrinharecheada-6
Grand finale! Queijo + forma para ir pro forno. Coloquei os dois tipos de queijo, mussarela raladinha pra dar essa cara bonita e parmesão, aquele bem fininho com gosto mais forte pra finalizar.
receita1-abobrinharecheada-7
No forno pré aquecido é só o tempo do queijo derreter e as abobrinhas ficarem macias, mas não a ponto de se desmancharem. Aproximadamente 20 minutos!
Nós servimos com arroz integral e saladona de rúcula (cof cof, sou viciada em rúcula, rsrs). Bon apetit!

Hey! Esse é um tipo de postagem nova por aqui. Espero que vocês gostem! Essa segunda-feira foi feriado aqui em Porto Alegre, e, aproveitei para tocar com força total o novo Portal do blog. Tô mega ansiosa! Nos vemos.
Beijos mil,
Mess.
Créditos: Dicas de Saúde | Você é aquilo que você come!

Comentários

comentários

Meu nome é Alessandra Mess, sou formada em Design com Habilitação Visual e Ênfase em Marketing pela ESPM e idealizadora da página WorkingMachine.nu. Sou apaixonada por moda, beleza, comportamento, gastronomia, internet, café, fotografia, gatos, hip hop e cerveja artesanal. O Working Machine é um cantinho na internet com tudo aquilo que movimenta e inspira meu trabalho!