Simpatia para atrair clientes (história verídica)

0

Estava eu em mais uma edição do Brick de Desapegos, dessa vez, no Arraiá da Miguel Tostes, em um sábado ensolarado da capital. Sou novata nesse lance: já fiz alguns brechós, mas, sempre me surpreendo a cada nova edição. E pra falar a verdade, o dia estava um tanto abafado, o que fez com que deixasse as expositoras um pouco irritadas. Falei:

– Eu estava de regata dentro de casa organizando as coisas antes de sair. Mas, pensei que iam me achar uma louca se, em pleno inverno, eu saísse assim.

– Eu também, guria! – Falou Carime, proprietária da marca Conexão 51. Meu marido não me deixou sair assim! Troquei de roupa, agora estou morrendo de calor.

Assim seguimos organizando as araras, as mesas, os estandes, aquela função toda que deixa a gente bem cansada ao final do dia, mas, que é claro, a gente adora. O sol não insistiu muito, e aquela sensação de calor logo foi embora, quando o dia ficou nublado. – Maravilha! – Pensei. – Hora de pegar um chopp.

Meu amigo Adroaldo, ajudante, sócio comigo na Drops POA e na Delta Design <3

As pessoas começavam a chegar de vagarinho, não era um dia frio para se jogar no quentão, então, eu via mais pessoas no choppinho mesmo. Uma venda aqui, outra alí. Já havia tirado o dia! Tinha cadeira de praia para sentar, e, dessa vez o motorista do Uber não me tirou do sério com tanta coisa para enfiar no porta malas. O movimento real começou lá por umas dezoito horas e a rua lotou. Encontrei amigos, bebia e atendia.

Foi então que ví Carime num gesto rápido e certeiro jogando no chão em frente a sua bancada, um pózinho branco que vinha de um vidrinho pequeno, perguntei:

– O que é isso? Que você tá fazendo?

– Isso é açúcar. – Então nos olhamos e num gesto de obviedade concluímos juntas:

– PRA CHAMAR CLIENTE.

Claro! Só podia ser. O chão na frente da arara de Carime já estava branquinho. Se iam aparecer formigas sedentas por moda vintage? Bom, isso eu não sei.

Fotos: Bar do Tele Trago

Comentários

comentários

Meu nome é Alessandra Mess, sou formada em Design com Habilitação Visual e Ênfase em Marketing pela ESPM e idealizadora da página WorkingMachine.nu. Sou apaixonada por moda, beleza, comportamento, gastronomia, internet, café, fotografia, gatos, hip hop e cerveja artesanal. O Working Machine é um cantinho na internet com tudo aquilo que movimenta e inspira meu trabalho!